BC.GAMEReivindique 5BTC Agora

Vitalik Buterin defende recursos “bastante sofisticados” para L1

Tomada Rápida
  • Vitalik Buterin comentou sobre compensações entre complexidades L1 e L2 em blockchains
  • Em sua tese, Buterin defendeu o aprimoramento dos recursos L1
  • O aprimoramento visa aliviar a carga das soluções L2
CEO da Binance e Coinbase, apóiam ideia de Vitalik Buterin para exchanges
BC.GAMEBCGAME - O melhor cassino, bônus diário grátis de 5BTC!BC.GAME Bônus diário grátis de 5BTC !
Cadastre-se agora

Vitalik Buterin, cofundador do Ethereum (ETH), externou recentemente cometários relacionados às compensações entre as complexidades da camada 1 (L1) e da camada 2 (L2) nas arquiteturas blockchain. Em sua tese, Buterin defendeu o aprimoramento dos recursos L1 visando aliviar a carga das soluções L2.

“Honestamente, estou cerca de 3 vezes menos confiante no conceito de “simplificar L1 mesmo às custas de L2s mais complicados” do que há cinco anos. O desafio é que quando você pode negociar entre o risco de bug L1 e o risco de bug L2, não fica claro se o último é melhor!”, afirmou.

Em seus comentários, Buterin destacou a diferença quando acontecem falhas em L1 e L2. “Se você tiver uma falha de consenso L1, as coisas quebram a confusão dos desenvolvedores principais por um dia, mas eventualmente as coisas ficam bem novamente. Com um bug L2, as pessoas podem perder muito dinheiro permanentemente”, disse. “Então, eu diria que pode valer a pena adicionar alguns recursos L1 bastante sofisticados para reduzir a carga de código dos L2s e permitir que sejam razoavelmente simples”, complementou Buterin.

 

Vitalik Buterin cita ‘maior risco técnico’ do Ethereum ao buscar IA para resolução

O cofundador do Ethereum (ETH), Vitalik Buterin, destacou a utilização da Inteligência Artificial (IA) para auxiliar os desenvolvedores do blockchain na identificação de bugs, bem como, na verificação do código.

Leia também:   Este é o token de tendência mais popular no mercado de criptomoedas; Musk e Trump impulsionam hype

Na busca por uma IA para auxiliar, Vitalik Buterin citou, em um publicação em sua conta oficial do aplicativo X, em 18 de fevereiro, que o maior risco técnico do Ethereum provavelmente são os bugs no código.

“Uma aplicação de IA que me entusiasma é a verificação formal de código assistida por IA e a descoberta de bugs. No momento, o maior risco técnico do Ethereum provavelmente são os bugs no código, e qualquer coisa que pudesse mudar significativamente o jogo seria incrível”.

No momento da publicação, o preço do Ethereum estava cotado em US$ 2.935,50 com alta de 0.5% nas últimas 24 horas.

Isenção de responsabilidade: As visões e opiniões expressas pelo autor, ou qualquer pessoa mencionada neste artigo, são apenas para fins informativos e não constituem aconselhamento financeiro, de investimento ou outros. Investir ou negociar criptomoedas traz um risco de perda financeira.
Total
0
Shares

Artigos relacionados