BC.GAMEReivindique 5BTC Agora

Visão Geral Das Regulamentações De Criptomoeda Na Nigéria

Visão Geral Das Regulamentações De Criptomoeda Na Nigéria
EarthMeta Pré-venda dos Tokens da EarthMeta AO VIVO! Próxima x100? 🚀EarthMetaPré-venda da EarthMeta AO VIVO!🔥x100?🚀
Comprar $EMT

Legislação e Uso de Criptomoedas na Nigéria

O avanço das criptomoedas tem sido notável desde a introdução do Bitcoin em 2009. Governos ao redor do globo estão em constante movimento para estabelecer legislações que equilibrem a necessidade de segurança contra fraudes com o incentivo à inovação no campo da blockchain e dos ativos digitais. Na Nigéria, a nação mais populosa da África, o governo tem procurado estabelecer uma regulamentação clara para atender a sua população jovem, entusiasta de tecnologia e favorável à blockchain, que demonstra um interesse crescente em adotar ativos digitais.

Este segmento visa elucidar a estrutura regulatória que rege os ativos digitais e as políticas de criptomoedas na Nigéria. Antes de adentrarmos nas especificidades regulatórias, é essencial analisar o contexto e o impacto do mercado de criptomoedas no país, para entender o potencial de crescimento e a necessidade de uma legislação apropriada.

Adoção e Crescimento de Criptomoedas na Nigéria

A Nigéria testemunhou um aumento considerável no interesse por criptomoedas, especialmente evidente durante o declínio do mercado em abril de 2022. Uma análise do Google Trends realizada pela CoinGecko revelou que a Nigéria está entre os países mais interessados em criptomoedas. Mesmo em períodos de queda do mercado, a popularidade das criptomoedas se manteve alta no país.

Relatórios da Chainalysis também colocam a Nigéria entre os países líderes no Índice Global de Adoção de Criptomoedas, com destaque para o comércio P2P. Bolsas como KuCoin e Paxful são populares na Nigéria para negociação e investimento P2P.

Fatores como serviços financeiros insuficientes, alta inflação, desvalorização da moeda local (naira), e uma população predominantemente jovem e tecnologicamente adeptos são impulsionadores do interesse em criptomoedas. A juventude nigeriana procura, através da blockchain e criptomoedas, novas oportunidades de emprego, investimento e autonomia financeira. Esses ativos digitais abriram novos horizontes e apresentaram alternativas de crescimento econômico no país.

Em maio de 2022, em resposta ao crescimento do interesse e adoção de criptomoedas, os reguladores nigerianos lançaram um conjunto de normativas para ativos digitais. Isso indica um movimento do país em direção a uma abordagem regulatória equilibrada, buscando evitar a proibição total dos ativos digitais e reconhecendo seu potencial uso e benefícios.

Regulamentação de Criptomoedas na Nigéria

Após a proibição imposta pelo Banco Central da Nigéria (CBN) e considerando o crescente interesse por criptomoedas no país, a Comissão de Valores Mobiliários da Nigéria (SEC) assumiu a responsabilidade de formular um arcabouço regulatório para as criptomoedas. Em maio de 2022, a SEC publicou um extenso documento de 54 páginas intitulado “Novas regras sobre emissão, plataformas de oferta e custódia de ativos digitais”, disponibilizado em seu site oficial.

Este documento é um marco importante, pois estabelece o caminho para operadores de serviços de criptomoeda na Nigéria e delineia as diretrizes para que as instituições bancárias e financeiras interajam com ativos digitais. Ele também define claramente os ativos digitais no contexto nigeriano e sublinha que todas as ofertas de tokens digitais, ofertas iniciais de moedas e quaisquer outras ofertas relacionadas à blockchain no país serão submetidas à regulamentação da SEC nigeriana.

Normas para Exchanges de Criptomoedas na Nigéria

As novas diretrizes da SEC nigeriana determinam que todas as exchanges de criptomoedas operando no país devem adquirir uma licença, permitindo que a SEC acesse seus registros. Tais regras definem uma exchange de ativos digitais (DAX) como uma plataforma eletrônica que facilita a negociação de ativos virtuais ou digitais.

Esses ativos são descritos como representações digitais de valor que podem ser usados para transferência, comércio, pagamento ou investimento, incluindo assim as criptomoedas sob a jurisdição regulatória. As DAXs são obrigadas a obter uma licença de provedor de serviços de ativos virtuais (VASP) da SEC, seguindo procedimentos específicos de aplicação, taxas de registro, entre outros requisitos.

Além disso, é necessário que as exchanges de criptomoedas apresentem uma comprovação de capital integralizado mínimo de 500 milhões de nairas e um título de fidelidade que cubra ao menos 25% desse capital. As DAXs licenciadas devem aderir a regulamentos rigorosos, mantendo registros acessíveis, garantindo pessoal e recursos suficientes, implementando medidas de segurança robustas e gerenciamento de riscos, além de designar um diretor de segurança da informação para lidar com riscos cibernéticos.

Visão Geral Das Regulamentações De Criptomoeda Na Nigéria

Conversão de Criptomoedas para Moeda Fiduciária na Nigéria

Após a decisão do Banco Central da Nigéria (CBN) de se distanciar das criptomoedas, converter criptomoedas em moeda fiduciária tornou-se um processo complexo no país. Empresas e indivíduos na Nigéria têm adotado criptomoedas para enviar e receber pagamentos; no entanto, a conversão desses ativos para a moeda local, o naira, apresenta desafios.

Em 2022, o aplicativo Breet App emergiu como uma solução popular na Nigéria e outros países africanos para vender criptomoedas diretamente para contas bancárias em naira. Distintamente, o Breet App não funciona como uma exchange de criptomoedas tradicional, pois não oferece a opção de compra ou negociação de criptomoedas. É um aplicativo móvel que facilita a conversão automatizada de criptomoedas em moeda fiduciária, suportando uma variedade de ativos digitais incluindo Bitcoin, Ethereum, Dogecoin, Litecoin e stablecoins.

Leia também:   O que é Criptomoeda LayerZero: Guia Completo Sobre Onde Comprar ZRO Crypto

Alternativamente, corretoras de criptomoedas, como BitPesa, oferecem serviços de corretagem que permitem aos usuários vender criptomoedas e receber pagamentos na moeda local. Os mercados P2P também são uma opção viável, conectando vendedores a compradores locais que podem pagar em naira.

Tributação de Criptomoedas na Nigéria

No âmbito legal, o Banco Central da Nigéria emitiu uma circular em fevereiro de 2021, informando que as criptomoedas não são reconhecidas como moeda legal no país e advertindo sobre os riscos associados ao seu uso. Não existe, até o momento, uma legislação tributária específica para criptomoedas na Nigéria. Contudo, a Receita Federal do país indicou que as transações envolvendo criptomoedas estão sujeitas a impostos sobre ganhos de capital.

O governo nigeriano tem planos de impor tributação sobre criptomoedas e ativos digitais caso um projeto de lei financeira proposto seja aprovado. Esse projeto de lei visa incluir ganhos de capital de ativos digitais e regulamentações tributárias para loterias digitais e empresas de jogos que utilizem ativos digitais. O objetivo é alinhar a tributação de ativos criptográficos e digitais com padrões fiscais internacionais, promovendo o crescimento regulado e a governança de transações transfronteiriças para cidadãos e instituições na Nigéria.

O futuro das Criptomoedas na Nigéria

Na Nigéria, a adoção de criptomoedas tem sido expressiva, especialmente nos mercados P2P e entre a população em geral. No entanto, o país ainda apresenta desafios em áreas como rampas de acesso para conversão de criptomoedas para moeda local, comércio varejista utilizando criptomoedas, finanças descentralizadas (DeFi), e a adoção de criptomoedas e tecnologias de blockchain por instituições. O avanço das criptomoedas na Nigéria será influenciado por várias tendências emergentes:

Criptomoeda Como Meio de Pagamento

A expectativa é que as criptomoedas se tornem um meio de pagamento mais amplamente aceito na Nigéria, não apenas no comércio varejista, mas também como uma ferramenta predominante para pagamentos transfronteiriços e remessas, superando os desafios atuais enfrentados pelas remessas fiduciárias em termos de velocidade e custo. Dado o interesse já existente, é provável que um número crescente de mercados e empresas online comece a aceitar criptomoedas como pagamento.

Criptomoeda Como Meio de Investimento

Frente à inflação crescente e à depreciação contínua da moeda local, a naira, os nigerianos têm considerado as criptomoedas como uma forma de preservar a riqueza e proteger seus investimentos. Com a naira perdendo valor ao longo dos anos e falhando em reconquistar a confiança, especialmente da população mais jovem, muitos se voltaram para o Bitcoin e outras criptomoedas como alternativas de investimento.

Com a entrada em cena de reguladores financeiros e a iminente introdução de uma nova legislação financeira, espera-se que esses investimentos em criptomoedas ganhem maior legitimidade e confiança. Isso, por sua vez, contribuirá para solidificar ainda mais as criptomoedas como um meio viável e confiável de pagamento, comércio e investimento para os nigerianos.

Conclusão

A Nigéria, um país com uma população jovem e tecnologicamente adaptável, tem vivenciado uma adoção crescente de criptomoedas, refletindo uma tendência global em direção a ativos digitais. A resposta regulatória na Nigéria tem sido dinâmica, com esforços para equilibrar a inovação no setor de blockchain com a proteção dos consumidores e a integridade do sistema financeiro.

Apesar das restrições iniciais impostas pelo Banco Central da Nigéria, a Comissão de Valores Mobiliários tomou a frente, estabelecendo um quadro regulatório para as criptomoedas com o objetivo de criar um ambiente seguro e regulado para sua adoção e uso. As diretrizes recentemente introduzidas buscam legitimar e estruturar o uso de criptomoedas, abrindo caminho para um mercado mais seguro e confiável.

O futuro das criptomoedas na Nigéria parece promissor, com uma população disposta a explorar novas formas de investimento e meios de pagamento, e um governo cada vez mais consciente da necessidade de regulamentações claras e eficazes. À medida que a Nigéria continua a se adaptar e moldar seu arcabouço regulatório, espera-se que o país não apenas acompanhe a evolução global das criptomoedas, mas também se estabeleça como um líder no espaço das finanças digitais na África.

A visão geral das regulamentações de criptomoeda na Nigéria indica um caminho de reconhecimento e integração cautelosa, mirando um futuro onde o equilíbrio entre inovação tecnológica e estabilidade financeira seja alcançado para o benefício de seus cidadãos e do sistema econômico como um todo.

Isenção de responsabilidade: As visões e opiniões expressas pelo autor, ou qualquer pessoa mencionada neste artigo, são apenas para fins informativos e não constituem aconselhamento financeiro, de investimento ou outros. Investir ou negociar criptomoedas traz um risco de perda financeira.
Total
0
Shares

Artigos relacionados