BC.GAMEReivindique 5BTC Agora

  • Rainbet

AMM Crypto Significado e Definição: O que é AMM em criptomoedas

BC.GAMEBCGAME - O melhor cassino, bônus diário grátis de 5BTC!BC.GAME Bônus diário grátis de 5BTC !
Cadastre-se agora
« Voltar ao Índice do Dicionário

Os Automated Market Makers (AMMs) estão revolucionando o setor financeiro, especialmente na área de finanças descentralizadas (DeFi). AMMs são contratos inteligentes que agem como formadores de mercado, simplificando a negociação e fornecendo liquidez aos mercados de criptomoedas, sem intermediários. Eles facilitam a troca de ativos digitais, eliminando a necessidade de um livro de ordens tradicional para combinar compradores e vendedores.

No coração dos AMMs estão as reservas de liquidez, que são pools de criptomoedas, criados e gerenciados pelos próprios usuários. Os provedores de liquidez depositam seus ativos nesses pools e recebem uma porcentagem das taxas de negociação geradas quando outras pessoas negociam com o pool. A fórmula matemática implementada no AMM determina os preços dos ativos e garante que, independente da demanda, sempre haverá liquidez disponível para negociar.

Os AMMs estão se tornando cada vez mais populares graças aos seus benefícios, como a eliminação de intermediários, a democratização do acesso ao mercado financeiro e a possibilidade de ganhar taxas de negociação como provedor de liquidez. No entanto, também existem riscos, como a possível perda de capital devido a movimentos bruscos do mercado e à chamada “impermanent loss”. É essencial compreender o funcionamento dos AMMs e as potenciais recompensas e riscos antes de participar.

O que é AMM em criptomoedas?

Um Automated Market Maker (AMM) representa um protocolo de exchange descentralizada (DEX) que possibilita aos usuários a compra e venda de ativos digitais sem a necessidade de um intermediário terceirizado. Os AMMs automatizam o processo de precificação e correspondência de ordens na exchange, geralmente utilizando um algoritmo para determinar os preços pelos quais compradores e vendedores podem negociar ativos. Isso significa que os usuários podem adquirir e vender ativos criptográficos de maneira confiável e peer-to-peer, sem depender de um custodiante ou outra terceira parte.

Os AMMs são reconhecidos por sua simplicidade, facilidade de uso e taxas baixas. Os traders podem abrir e fechar posições rapidamente sem se preocupar com tipos de ordem, correspondência de ordens ou outras complexidades associadas às exchanges tradicionais. Além disso, as exchanges AMM geralmente são mais rápidas e seguras que suas contrapartes centralizadas, pois são movidas por smart contracts e protegidas pela rede blockchain subjacente.

Os sistemas AMM ganharam impulso após sua implementação inicial por Shearson Lehman Brothers e ATD no início dos anos 90. Antes de sua invenção, os Livros de pedidos eram criados manualmente por humanos que iniciavam negociações com o objetivo de aumentar a liquidez do mercado. Esse método era responsável por certa demora e imprecisão na descoberta de preços nos mercados. Ademais, os market makers também eram acusados de manipulação de mercado. Os AMMs resolveram todos os problemas causados pelos market makers humanos.

AMM vs Order Book

No setor de blockchain, a principal distinção entre um Automated Market Maker (AMM) e um Order Book ou “Livro de pedidos”, reside na forma como os preços são estabelecidos. Um AMM opera como uma reserva de liquidez, onde os preços são automaticamente determinados com base no volume de liquidez presente nessa reserva. Em contraste, o Order Book promove a descoberta de preços por meio da interação direta de compradores e vendedores, que estabelecem seus próprios preços.

Em um sistema AMM, a configuração manual dos preços é desnecessária, pois a própria reserva de liquidez se encarrega dessa tarefa automaticamente. Por outro lado, no Order Book, os participantes do mercado são responsáveis por definir manualmente os preços e criar ordens de compra e venda. Além disso, geralmente um AMM oferece taxas significativamente mais baixas e melhor liquidez em comparação com o Order Book.

Vantagens e Desvantagens dos AMMs no DeFi

Vantagens

  • O modelo de Automated Market Maker (AMM) apresenta uma alternativa mais eficiente aos tradicionais sistemas de troca baseados em Livros de pedidos, permitindo que os usuários negociem ativos digitais sem a necessidade de intermediários.
  • Os pools de liquidez dos AMMs possibilitam a realização de negociações sem a exigência de contrapartes.
  • Os AMMs possuem um alto grau de automação, o que elimina a preocupação dos usuários com a gestão manual de Livros de pedidos.
  • Os AMMs oferecem taxas baixas para os negociantes, já que os custos do sistema são mínimos.
  • Os AMMs proporcionam mais liquidez do que as bolsas tradicionais, o que pode ser vantajoso para os negociantes.

Desvantagens

  • Os AMMs estão sujeitos a deslizamentos de preço e perdas impermanentes, o que pode ocasionar prejuízos significativos para os negociantes.
  • Geralmente, os AMMs são limitados à negociação de apenas alguns ativos, o que significa que os negociantes podem não ter acesso a toda a gama de mercados disponíveis nas bolsas tradicionais.
  • Devido à sua natureza automatizada, os AMMs podem ser vulneráveis à exploração por atores maliciosos.
  • Os AMMs podem ser complexos de usar, e os usuários podem não compreender completamente seu funcionamento.
  • Os AMMs ainda são relativamente novos, o que implica um risco de bugs ou falhas em seu código.
  • Os AMMs nem sempre são regulamentados, o que significa que os usuários podem não estar protegidos em caso de hack ou golpe.

Automated Market Maker (AMM): Significado e Definição

Automated Market Maker (AMM) é um algoritmo que permite a criação de mercados financeiros descentralizados, facilitando a troca de tokens e a criação de liquidez nos chamados Decentralized Exchanges (DEXs). Um AMM opera através de contratos inteligentes e define a taxa de câmbio das moedas utilizando o preço de mercado de forma automatizada.

Os liquidity providers (provedores de liquidez) são participantes que contribuem para AMMs, adicionando diferentes tokens às liquidity pools (pools de liquidez). Quando um investidor realiza uma negociação, os tokens na pool são trocados baseando-se no algoritmo de cálculo do AMM, o que garante preços estáveis e justos para cada transação.

O algoritmo mais utilizado nos AMMs é a Constant Product Formula, que ajuda a determinar a proporção de preços entre os tokens nos pools de liquidez. Essa fórmula garante a característica principal do AMM, que é encontrar um equilíbrio entre oferta e demanda, assegurando que a quantidade total de tokens em uma pool se mantenha constante antes e depois que uma transação é feita.

Os contratos inteligentes atuam como intermediários no processo e garantem a execução segura e ágil das negociações. Além disso, em um AMM, os provedores de liquidez recebem taxas de juros em tokens, calculadas com base na proporção de liquidez que eles forneceram para o pool.

Em contrapartida, o price slippage (deslizamento de preço) pode ocorrer em um AMM, o que significa que a diferença entre o preço esperado e o preço executado na negociação pode ser significativa, principalmente quando se trata de grandes volumes de negociação. Esse fenômeno ocorre devido às diferenças entre as taxas de oferta e demanda no mercado.

Em suma, os Automated Market Makers representam uma solução inovadora no universo das trocas descentralizadas, proporcionando maior autonomia aos investidores e criando oportunidades para os provedores de liquidez diversificarem seus investimentos e obterem remuneração por sua participação ativa no mercado de tokens.

Perguntas Frequentes

Como funciona o mecanismo de AMM?

O mecanismo de Automated Market Maker (AMM) funciona através de um contrato inteligente que permite a negociação automatizada de criptomoedas, sem a necessidade de um intermediário no mercado. Os usuários fornecem liquidez aos pools de criptomoedas, sendo recompensados com taxas de negociação, enquanto o contrato gerencia automaticamente as ordens de compra e venda, equilibrando os preços por meio de funções matemáticas específicas chamadas de pricing functions.

Chainlink é um protocolo de oráculo descentralizado que fornece dados confiáveis e seguros aos contratos inteligentes. A importância do Chainlink no mecanismo de AMM se baseia na necessidade de dados precisos e atualizados relativos às taxas de câmbio e aos preços das criptomoedas utilizadas. Dessa forma, a AMM pode simplificar a negociação e evitar manipulações de mercado, fornecendo dados precisos em tempo real.

O que é liquidez concentrada em AMM?

A liquidez concentrada em AMMs permite que os fornecedores de liquidez selecionem um intervalo de preços específico dentro do qual eles estão dispostos a negociar suas criptomoedas. Isso se torna uma vantagem em relação à liquidez tradicional porque, ao invés de espalhar as moedas em todo o espectro de preços, os fornecedores podem concentrá-las em intervalos específicos, melhorando os retornos e a eficiência da negociação.

Como é realizada a arbitragem de criptomoedas utilizando AMM?

Os arbitradores tentam aproveitar as diferenças no preço dos ativos em diferentes mercados e condições. No caso do AMM, eles monitoram as diferenças entre os preços das criptomoedas cotados nas diferentes AMMs. Sempre que um desequilíbrio surge, os arbitradores aproveitam a oportunidade para comprar um ativo a um preço mais baixo em uma AMM e vendê-lo em outra por um preço mais alto, obtendo lucro no processo e ajudando a manter a estabilidade dos preços entre as plataformas.

O que é AMM em marketing?

No contexto de marketing, AMM não tem relação com Automated Market Makers, sendo a sigla referente à Administração de Maketing Mix, que representa o conjunto de ações e estratégias de marketing utilizadas pelas empresas para alcançar seus objetivos de mercado, englobando produto, preço, praça e promoção.

O que os AMMs oferecem?

Os Automated Market Makers oferecem um ambiente de negociação descentralizado onde os usuários podem negociar criptomoedas sem a necessidade de um intermediário, como uma corretora centralizada. Eles também possibilitam aos usuários fornecer liquidez para esses mercados e obter lucros com taxas de negociação, ao mesmo tempo em que garantem liquidez, eficiência e estabilidade do mercado.

O que é um NFT AMM?

Um NFT AMM é um mercado descentralizado de negociação dos chamados “Non-Fungible Tokens” (NFTs), que representam ativos digitais exclusivos e não intercambiáveis. Um NFT AMM funciona com base no mecanismo tradicional de AMM, porém com o intuito de facilitar a negociação, descoberta de preços e liquidez no mercado de NFTs.

A criptografia AMM é segura?

A segurança das AMMs de criptomoedas depende do protocolo e do contrato inteligente utilizado. AMMs bem projetadas empregam auditorias rigorosas, padrões de segurança e medidas de proteção para garantir a segurança dos ativos e dados dos usuários. No entanto, como qualquer tecnologia emergente, é possível que ocorram falhas e vulnerabilidades que podem colocar em risco os fundos dos investidores.

É importante pesquisar e se informar sobre as plataformas de AMM antes de participar e investir seus recursos.

« Voltar ao Índice do Dicionário