O que é NANO – Uma criptomoeda descentralizada?

As criptomoedas se tornaram muito populares, e parte disso se deve à valorização que elas têm apresentado nos últimos anos. Quem quer incluir criptoativos na carteira de investimentos tem diversas alternativas à disposição
e uma delas é a Nano.

Neste artigo, você entenderá o que é Nano e quais são as particularidades dessa criptomoeda. Entre suas características, se destaca o objetivo de resolver alguns problemas presentes em outras moedas digitais.

O que é Nano Coin?

A Nano é uma criptomoeda que foi criada em 2014. RaiBlocks era seu nome original e XRD foi o seu antigo código identificador. Seu criador é o desenvolvedor de software Colin LeMahieu, que nasceu nos Estados Unidos, no estado de Minnesota.

A intenção do profissional era criar uma criptomoeda que não apresentasse problemas que são encontrados no Bitcoin. Um deles é a falta de eficiência energética, uma vez que a mineração de bitcoins consome uma quantidade enorme de energia.

Para que fique claro esse problema, vale saber que o processo de mineração dos Bitcoins consome mais eletricidade que a Argentina. Pesquisadores da Universidade de Cambridge calculam que a energia elétrica gasta em bitcoins ultrapasse a marca dos 121 terawatts/hora (TWh).

Esse problema, inclusive, tende a aumentar à medida que o Bitcoin se valoriza. Outro ponto que a Nano buscou se diferenciar da moeda mais famosa do mundo tem relação com a latência. Ou seja, o tempo necessário para que as transações sejam concluídas.

Isso ocorre em função da participação de diversos computadores trabalhando na validação dos dados. Para superar essas dificuldades, LeMahieu criou a RaiBlocks – que, após um rebranding, em 2018, passou a se chamar Nano.

Essas mudanças contribuíram para o reposicionamento da marca, garantindo uma eficácia maior em termos de marketing. Hoje, o código da moeda virtual leva justamente o seu nome: NANO.

Como a Nano funciona?

Para entender as particularidades dessa moeda digital é importante conhecer seu funcionamento.

Diversas criptomoedas, como é o caso do Bitcoin, usam a blockchain para registrar as transações. Uma determinada quantidade de transações são agrupadas, formam um bloco e dão origem à hash.

A hash é uma sequência de caracteres – uma frase de segurança – que serve como assinatura daquele bloco. Diversos computadores estão envolvidos nesse processo de registro e validação, o que colabora para a segurança.

No entanto, isso demanda um grande poder de processamento, além do alto consumo de energia elétrica. Além disso, leva tempo para que as transações sejam registradas – a latência, como você viu.

A Nano Coin tem um funcionamento diferente, já que as transações não são registradas em uma blockchain mundial. Cada conta de usuário tem sua própria blockchain – que é chamado de block-lattice.

É justamente essa característica que reduz a latência. Dessa forma, as transações são concluídas instantaneamente.

Mineração

Talvez você esteja se perguntando sobre a mineração de moedas na rede da Nano. Todas as moedas da Nano já foram distribuídas, e agora transitam entre os usuários.

Quando uma transação é feita, não é preciso que um grande grupo de máquinas registrem e validem a informação — o que é conhecido como Proof of Work (PoW), ou prova de trabalho.

Isso é feito por meio de um processo chamado Proof of Stake (PoS), ou prova de participação. Ela também é baseada em algoritmos de criptografia, mas o poder de processamento necessário é muito menor.

Desse modo, a Nano permite uma escalabilidade ilimitada, considerando que os custos de cada transação são muito baixos.

Nano vs. Bitcoin

Nano é semelhante ao Bitcoin , mas mais rápido, mais flexível e mais acessível para transações. Essencialmente, é uma criptomoeda que visa substituir moedas fiduciárias , oferecendo uma moeda que as pessoas podem usar em suas vidas diárias para as compras diárias. Ao contrário do Bitcoin, o Nano não depende da Prova de Trabalho (PoW) para proteger sua rede; em vez disso, ele usa um mecanismo de consenso exclusivo chamado Votação Representativa Aberta (ORV).

Quais são os riscos da Nano?

Apesar das vantagens, existem alguns riscos relacionados a essa criptomoeda. Muitos deles estão relacionados com uma eventual falta de conhecimento do próprio usuário.

  Metaverso Cripto - como funciona os jogos online e apresentações musicais

Antes de comprar Nanos – ou qualquer outra moeda digital – é preciso entender muito bem o funcionamento de uma carteira de criptomoedas. É importante se certificar também da compatibilidade entre a carteira e a plataforma usada na compra do criptoativo. Do contrário, você corre o risco de simplesmente perder as suas moedas.

Benefícios do Nano

Zero-Fees e alta taxa de TPS

Considerando as altas taxas do Bitcoin, o Nano é uma escolha muito melhor para realizar transações diárias, uma vez que cobra zero taxas para as negociações. Sem cobrança nas transações não é um subsídio temporário, a plataforma incluiu zero taxas em seu protocolo. Além disso, a rede leva cerca de 0,14 segundos para confirmar uma transação.

Uso de baixa energia

A plataforma da Nano desenvolveu seu próprio algoritmo para validar transações que dependem de um sistema de votação em vez de equipamento pesado e PoW.

IU intuitiva

Natrium é a carteira oficial do Nano ecossistema. Os usuários podem baixá-lo por meio da loja de jogos iOS e Android para negociar moedas Nano sem problemas. A carteira vem com recursos fáceis de usar para iniciantes.

Totalmente descentralizado:

A rede alcançou a descentralização distribuindo de forma justa o suprimento total de moedas Nano. Você pode verificar a lista de Representantes da plataforma. Está claro na lista que nenhum grupo tem mais de 50% do poder de voto, o que prova que o sistema de votação do Nano não pode ser manipulado.

Amigável para o desenvolvedor:

O Nano é de código aberto, o que atrai talentos em todo o mundo para oferecer suas habilidades para a construção do ecossistema. Mais do que aberto e de uso gratuito, sua infraestrutura de desenvolvimento e protocolo leve também atrai os desenvolvedores.

Desvantagens do Nano

Incapaz de oferecer suporte a contratos inteligentes

Uma das maiores desvantagens do Nano é sua incapacidade de oferecer suporte a contratos inteligentes . Além disso, a equipe não tem planos de implementá-los tão cedo, o que é o maior obstáculo para inovadores e desenvolvedores que buscam construir dApps .

Falta de relações públicas e marketing

A segunda desvantagem é pouco ou nenhum marketing. A equipe conta com entusiastas para divulgar o Nano. Por ter pouco ou nenhum RP e marketing, o Nano tem uma adoção muito baixa, apesar de ter sido lançado há quase sete anos.

Preocupações com a privacidade

Finalmente, a moeda não tem privacidade embutida. Criptos como o Nano, com taxas baixas e alto TPS, são fáceis de enviar, mas devem oferecer mais privacidade nessas transações.

A criptomoeda NANO é um bom investimento?

NANO é uma criptomoeda realmente boa com velocidade extremamente rápida e nenhuma taxa de transação. Tem uma vantagem enorme sobre a concorrência no que diz respeito aos aspectos tecnológicos, mas ainda precisa de se provar no que diz respeito à visibilidade e ao marketing. Ninguém sabe se o NANO pode se tornar uma das criptomoedas mais usadas no futuro, mas ainda parece um bom investimento.

Conclusão

Para alcançar a adoção de criptografia em massa, os projetos devem garantir escalabilidade e, ao mesmo tempo, oferecer taxas quase nulas. A alta taxa da rede Bitcoin e o lento tempo de transação é um dos motivos pelos quais o BTC ainda não se tornou uma moeda amplamente usada para pagamentos. O Nano, por outro lado, está à frente na corrida porque facilita transações rápidas a zero encargos. No entanto, não é tão popular quanto o Bitcoin e, portanto, tem uma taxa de adoção mais baixa. Portanto, se ele crescer em popularidade e a equipe do Nano o comercializar corretamente, ele terá todos os atributos para se tornar “a moeda do povo”.

Mais informações sobre NANO

ENTREGUE TODAS AS SEGUNDAS-FEIRASAssine nosso boletim informativo de Notícias
Ao se inscrever, você concorda com nossos Termos de serviço e política de privacidade.

* O PortalCripto preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

você pode gostar

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Article:

0 %
error: O conteúdo está protegido!!