1XBet

Badger sofre ataque hacker e estimativa aponta para 120,3 milhões de dólares roubados

A Badger sofreu um ataque hacker nesta última quarta-feira (1º), com uma estimativa de que seus usuários de finanças descentralizadas (DeFi) tiveram cerca de US $ 120,3 milhões de várias criptomoedas roubadas.

Os primeiros usuários relataram problemas às 23h (horário de Brasília) de ontem. Especula-se desde então, nos canais da comunidade, que o ataque hacker foi provocado por meio da exploração na interface do usuário do Badger.com, e não nos contratos de protocolo principais.

1xBit.com - Aposte com mais de 30 criptomoedas e receba um bônus de boas-vindas de até 7 BTC!

Muitos usuários afetados relataram também que, enquanto reivindicam a devolução do dinheiro perdido e comunicam sobre as perdas com o setor financeiro da Badger, eles repararam que seus fornecedores de carteira faziam solicitavam falsas de permissões.

A empresa de análise de dados e segurança blockchain, PeckShield, estima que dos US $ 120,3 milhões roubados no ataque hacker, 2.100 foram em criptomoedas de Bitcoins, enquanto 151 eram Ethereum.

Por meio do Discord, contribuidor principal da Badger, o Trittium falou sobre a situação. “Parece que um monte de usuários tiveram aprovações definidas para exploradas em suas contas permitindo operações em seus fundos bancários. Assim que percebemos, interrompemos todas as operações para que nada fosse transferido e estamos tentando descobrir de onde vieram as aprovações, quantas pessoas as têm e quais são as próximas etapas”, explicou.

  Opera anuncia teste beta de novo navegador Web3 com carteira integrada que suporta Ethrereum

Por meio do Twitter, a Badger também fez um comunicado. “A Badger recebeu relatórios de retiradas não autorizadas de fundos de usuários. Conforme os engenheiros da Badger investigam isso, todos os contratos inteligentes foram pausados para evitar mais retiradas. Nossa investigação está em andamento e divulgaremos mais informações assim que possível”, disse.

Embora os contratos estejam paralisados, usuários ainda apontam que estão acontecendo movimentações por meio de ferramentas como Debank e Unrekt para acessar e revogar as proíbições nas permissões de acesso aos contratos, der acordo com o Coindesk.


Obtenha 150% até $ 1500 e 500 rodadas grátis
ENTREGUE TODAS AS SEGUNDAS-FEIRASAssine nosso boletim informativo de Notícias
Ao se inscrever, você concorda com nossos Termos de serviço e política de privacidade.

* O PortalCripto preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

você pode gostar

Comments are closed.

Next Article:

0 %